Lorenzo Thompson no 3º Festival de Blues de Antonina



O músico internacional Lorenzo Thompson, visita pela segunda vez a cidade de Antonina e sente-se orgulhoso por ser o primeiro convidado internacional do festival de Blues que conta já com a sua 3ª edição.
Lorenzo natural de Chicago nos Estados Unidos, herdou dos pais e avós a paixão pela música, começou pelo gospel na igreja que frequentava e foi evoluindo ao escutar o pai, que já era um apaixonado por blues. “Na verdade, o blues é um estilo musical que remete à dor e ao sofrimento, é uma música intensa e intemporal” relatou enquanto falava dos seus antepassados que trabalhavam nas grandes fazendas.
Quando conversámos por telefone, Lorenzo estava em Praga a gravar o seu 4º álbum, sendo o primeiro com músicas de sua autoria, de lá seguiria para a Alemanha onde teria a sua última turnê antes de rumar ao Brasil.
Ao falarmos do Festival de Blues ele contou-me ainda que o que mais o surpreendeu na região foram os caminhos que o levaram até ao festival, descer a serra da Graciosa e respirar todo o ar e cultura que emana dos locais é algo surreal e pacificador.
“Paramos num restaurante, que a comida era tão boa, que parecia que era a minha mãe que estava na cozinha, é isso com que as pessoas podem contar quando vão até ao festival de Antonina, boa comida, uma paisagem maravilhosa das montanhas e da baía e os shows pelas ruas e bares, que são feitos de uma forma muito intimista, as pessoas chegam perto de nós e isso faz-nos explorar a nossa música a um nível ainda mais pessoal”.
De Antonina, o músico seguirá para mais shows em outras cidades brasileiras durante o mês de julho.




Comentários