SANTUÁRIO DE FÁTIMA

Nesta época do ano, é impossível não falar de Fátima. (1ª aparição a 13 de Maio)
photo: MFaísca
O Santuário de Nossa Senhora do Rosário de Fátima dá expressão ao pedido de Nossa Senhora do Rosário, aludido já em 13 de agosto de 1917 e expressamente indicado na aparição de 13 de outubro desse ano a Lúcia de Jesus, Francisco Marto e Jacinta Marto: «Quero dizer-te que façam aqui uma capela em minha honra, que sou a Senhora do Rosário» (Primeira Memória da Irmã Lúcia). A capelinha foi erguida em 1919 no local das aparições de 1917 na Cova da Iria e, desde então, o espaço do Santuário foi sendo edificado, em resposta ao significativo afluxo de peregrinos.

O Santuário de Fátima é, por vontade expressa da Sé Apostólica, um Santuário Nacional.
Saiba mais sobre as aparições AQUI
 No local onde há pouco menos de 100 anos nada mais existia que pedras, oliveiras, azinheiras e campos verdes onde pastavam rebanhos, existe hoje uma cidade que se desenvolve em redor do santuário, quase exclusivamente dedicada ao turismo.
photo: MFaísca
O santuário é composto por um enorme recinto onde são celebradas as cerimônias em dias de maior afluência de peregrinos. No centro deste está a capelinha das aparições, construída no local onde os pastorinhos viram Nossa Senhora aparecer sobre uma azinheira. A árvore hoje não existe, pois foi levada aos poucos pelos primeiros peregrinos.
No topo norte encontra-se a basílica, construída entre 1928 e 1953 e no topo sul a nova basílica da Santíssima Trindade, inaugurada em 2007.
Há ainda para visitar vários museus de arte sacra, artefatos relativos aos acontecimentos ali passados e sobre a história do local.
Outro ponto a não perder é a pequena aldeia de Aljustrel que foi a terra natal dos 3 pastorinhos e fica a poucos quilômetros do centro da Cova da Iria. Pode visitar livremente a casa dos irmãos Francisco e Jacinta que fica logo à entrada da aldeia e com sorte pode até encontrar aí alguns familiares destes que costumam estar na casa.
photo: MFaísca
Na casa da família da Lúcia funciona um museu que retrata um pouco a vida das pessoas no início do século passado.
Partindo de Aljustrel pode percorrer uma via sacra nos Valinhos. Irá passar por dois locais de grande importância para os acontecimentos de Fátima: o sítio onde se deu a aparição da Nossa Senhora a 19 de Agosto de 1917 (na imagem) e mais à frente a “Loca do Cabeço”, onde terão sido as aparições do Anjo de Portugal.
A via sacra termina no topo da colina onde tem uma boa vista sobre as redondezas e o santuário.
Como Chegar:
A estação de trem mais próxima fica a 23km pelo que se a intenção for chegar à cidade de transporte público, vá de ônibus, a rodoviária de Fátima está a pouco mais de 10 minutos de caminhada do Santuário, saiba mais no site da Rede Expressos.
Se for de carro pegue a auto-estrada A1, pois o acesso para Fátima é bem sinalizado, Fátima fica a 130 km de distância de Lisboa, 85 km de Coimbra e 200 km do Porto. Quanto ao carro, não se preocupe com lugar onde parar, pois os parques de estacionamento de Fátima são grandes e gratuitos.

Comentários